trance

Tranceball é um jogo de 2005 criado por Paulo Faria, na sequência de outros jogos e demos já publicados na Mega Score, cujo desenvolvimento foi relatado mensalmente na mesma revista.

Neste jogo, controlamos uma bola cuja missão é encontrar a mítica “motherball of space”, devendo controlá-la através de diversos níveis e obstáculos, tentando permanecer nas plataformas para não a deixar cair, perdendo-se no espaço.

Conta com 15 níveis com um design futurista inspirado na ficção científica, uma banda sonora exclusivamente composta por música trance e highscores online atualizados em tempo real, o que ajudou bastante à sua divulgação internacional através do estímulo desta vertente competitiva.

Tudo começou após o desenvolvimento de jogos como Castle of Fear, Mindpics, Fogtown e Platballs, todos distribuídos pela Mega Score, quando Paulo Faria decide em 2004 começar o desenvolvimento de um novo jogo, pois nas palavras do próprio:

“Nunca consegui estar muito tempo sem ter uma ideia que fosse para um novo jogo. Daí até por essa ideia em prática é um passo, uma vez que é a fazer jogos que atinjo realização pessoal e onde obtenho prazer em todo o processo de desenvolvimento”.

Pois então, após o desenvolvimento de Platballs, o autor viu-se com três design documents com temas pouco vistos em videojogos, mas que em consequência, na sua opinião, também se iriam destinar apenas a minorias.

Decide então criar um nova alternativa, um jogo baseado no Marble Madness, um clássico dos anos 80, mas mantendo uma regra que considera muito importante para qualquer developer, a KISS (Keep It Simple Stupid), nas suas palavras, não complicar muito as coisas e deixar as megalomanias, pois para um indie developer, é essa a única maneira de se conseguir completar um jogo.

Em Março de 2004, decide começar o projeto por investigar a concorrência, pesquisando intensamente na internet sobre o jogo original, jogando outros clones deste, analisando as características de cada um, pontos fortes e fracos, e tentando descobrir o que é que os tornava mais ou menos viciantes/atrativos.

Em seguida escreveu o design document, estipulando as features ao longo de apenas uma semana e depois analisando cada uma em pormenor para ver quais seriam realmente interessantes de implementar e quais funcionariam melhor.

Na mesma altura, a ACEE (Amateur Computer Entertainment Expo) decorreu em Coimbra, e aí o autor pode demonstrar os seus projetos anteriores e também obter algum feedback a partir de uma tech demo que havia preparado, uma versão muito básica do jogo.

Para o desenvolvimento, contou com o apoio externo de Stefan Jönsson, um músico sueco que já tinha feito a música para o Mindpics e de Peter Crafts para fazer a totalidade dos gráficos 2D do jogo.

Após um ano de desenvolvimento, o jogo estava quase finalizado e foi enviado, ainda em beta para a segunda edição da ACEE, sendo aceite, e aí foi demonstrado, tendo sido possível obter bastante feedback, já que este evento conseguiu ainda atrair mais visitantes que no ano anterior.

Foi lançado finalmente em Maio de 2005 como shareware, tendo como preço de venda 14,95 dólares, foi também criado um site próprio para o jogo e assinado contrato com uma empresa para as vendas online.

Tal como prometido no início do período de desenvolvimento, na edição de Junho de 2005 da Mega Score o jogo foi distribuído com o cd da revista.

Nos meses seguintes, vários sites de distribuição de software redistribuiram o jogo, tendo conseguido obtido um relativo sucesso.

Desconhecemos, depois deste projeto, qual foi o percurso deste autor, mas se o próprio ler este artigo, pedimos que nos esclareça sobre os seus projetos posteriores a este jogo.

Em baixo deixo alguns screenshots do jogo e o primeiro e último artigo acerca do desenvolvimento do jogo publicados na Mega Score.

Depois das imagens fica um link para o jogo, já que devido à sua idade, é cada vez mais difícil encontrá-lo online.

Como a versão aqui incluída é a versão shareware, que foi amplamente distribuída online, penso não haver problema em colocá-la também aqui.

 

 

Download

Anúncios